Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2008

Participação da BMG na Palavras Andarilhas

Imagem
Eis que depois de três dias onde as emoções foram tantas e tamanhas que as palavras que possamos escrever nunca conseguirão descrever na totalidade tudo o que sentimos, regressamos ao mundo real cheios de vontade de trabalharmos mais e melhor.
Este ano, e tal como já neste blogue tinha sido previamente anunciado, levámos até Beja os nossos Livros Sensíveis. Os nervos iniciais desapareceram assim que começámos a apresentar um projecto que nos tem dado tanto ou mais prazer do que a todos os que já assistiram.




E desde essa manhã de sexta até ao fim da tarde de ontem bebemos insaciantemente tudo o que a fonte das Andarilhas nos deu. Entregá-mo-nos, pois, de corpo e alma. E assim sentimos em relação a todas as pessoas fantásticas que conhecemos e que agora carregamos nos nossos corações.



As saudades já são muitas e o desejo de voltar ainda maior!


Até à próxima!

Palavras Andarilhas

Imagem
Amanhã, pelas 10h a Biblioteca de Grândola irá apresentar os seus "Livros Sensíveis" nas Palavras Andarilhas em Beja. Trata-se do maior encontro de contadores de histórias a nível nacional, sendo que a sua projecção já extravasou as nossas fronteiras. Não perca esta oportunidade de ver a nova fase de um projecto iniciado no ano passado lectivo em parceria com Lara Soares do Agrupamento de Escolas de Grândola. Até amanhã!

Livro da Semana

Imagem
Sendo certo que sempre há um certo fascínio ler as impressões de um estrangeiro sobre o nosso país, quando estas são feitas com imensa mestria, o fascínio só pode ser maior.
Aliando uma interpretação bastante perspicaz da alma portuguesa a um "policial" a revelar algumas influências de Carlos Ruiz Zaffon e o seu famoso Sombra do Vento, Pascal Mercier revela-nos no seu terceiro romance (primeiro a ser publicado em Portugal), uma invulgar capacidade narrativa, capaz de surpreender os seus leitores.
Com uma estória que poderá ser lida a duas velocidades e cheia de referências a um hipertexto imaginário, este romance tem tudo para ser um dos melhores livros a ser publicado em Portugal em 2008.
Por isso, não perca esta oportunidade e leia-o!
Disponível na sua biblioteca em 82 LE-3 MRC

Ilustre Desconhecido: José Jorge Letria

Imagem
Embora o nome não seja um desconhecido do grande público muito graças à sua mediatização nos anos 80, tem agora ganho um destaque completamente diferente graças à sua dedicação e imenso talento revelado na Literatura Infantil.
De facto, se se pode falar em revolução no mundo da literatura infantil em Portugal, esta muito se deve ao génio criador de José Jorge Letria, que conta hoje já com uma extensa obra nos mais variados domínios literários.
Nascido em Cascais em 1958, efectuou uma série de estudos diversos (História, Direito e HIstória de Arte) que acabaram por marcar profundamente a sua imensa versatilidade artística, que vai desde a música até ao jornalismo sem esquecer a literatura. De momento a Biblioteca possui cerca de 80 livros de José Jorge Letria nas mais diversa modalidades.Venha descobri-los!!

Novidades Livros

Imagem
ALVAREZ, José Carlos Beatriz Costa : álbum de retratos 929 COS LVR

AMARAL, Fernando Pinto do, O primo Basílio 82 LP-34 MRL (Inf.)

CALVARIO, António, Histórias da minha história 929 CAL CLV

MCDONELL, Nick, O terceiro irmão 82 LE-3 MCD

AMARAL, Domingos Amor à 1.ª vista 82 LP-3 MRL

THOREAU, Henry David Onde vivi e para que vivi 82 LE-3 THR

CERVANTES SAAVEDRA, Miguel de A ciganita 82 LE-3 CRV

AMARAL, Ana Luísa Auto de Mofina Mendes 82 LP-34 MRL (Inf.)

HUBBARD, L. Ron Dianética: a evolução de uma ciência 13 HBB

Bom fim de semana

Imagem
Jackson Pollock

Os funcionários da Biblioteca desejam a todos os utilizadores um Bom Fim de Semana

Poema da Semana

Penso no meu povo pobre,
Na vidinha tilintada em magros cobres,
Na mesquinhez à sobreposse.

- Ó formiga operosa,
julgas-te mais do que a cigarra?
- Alexandre,
assim é que ensinam nas escolas...

Neste país do monólogo,
do fala-só, muitos poucos
conversatam uns co’os outros,
e é sempre uma conversata
triste e chata,
um não-ter-que-dizer que não se esgotas
enão em palavras pela boca fora.

- Esse chapéu-de-ir-aos-bencos,
vai-lhe, Dr., a matar
no intérmino labor de falazar.
- Impertinente poetrasto,
a que dislate se atreveu?
Não tens onde cair morto,
És da sinistra e ateu...
- Dr., já cá não está quem falou


Alexandre O'Neill

Livro da Semana

Imagem
O autor do famoso cartoon The Far Side, Gary Larson, publicou agora Há um Cabelo na Minha Terra, destinado aos mais novos.
Mas o que é que torna este livro tão diferente de todos os outros?
O que mais se destaca é o seu sentido de humor negro que é sempre auxiliado por elementos de hipertexto que dão uma dimensão muito mais humana ao texto, quebrando as habituais barreiras. Apesar do final mais ou menos esperado, o livro resulta de um conjunto de conhecimentos que damos tantas vezes como adquiridos em relação à natureza e que acabam por se revelar falsos ou até mesmo perigosos. Já as ilustrações são fabulosas, capazes de nos deixar horas a explorarem-nas. Disponível na sua biblioteca em 82 LE-34 LRS (Inf.)

Ilustre Desconhecido: Pascal Mercier

Imagem
O suiço Pascal Mercier tornou-se agora conhecido do grande público português através da publicação do seu Comboio Nocturno para Lisboa, cujo tema nos toca a todos directamente enquanto portugueses.
Contudo, Pascal Mercier é apenas o pseudónimo literário do professor de filosofia Peter Bieri, actualmente a residir em Berlim.
Nascido a 23 de Junho de 1944, estudou Filosofia; Literatura Inglesa e Indologia em Heidelberg e em Londres, trabalhando sobretudo a nível do sistema cognitivo do ser humano.
Talvez tenha sido esse conhecimento que o tenha feito conseguir descrever praticamente na perfeição a essência do ser humano nos seus romances ao mesmo tempo que os torna fascinantes, dos quais o primeiro foi agora publicado em Portugal com a chancela da Dom Quixote.
Não perca a oportunidade de o descobrir!
Livros de Pascal Mercier disponíveis na sua biblioteca:
Comboio Nocturno para Lisboa






Romance polémico

Há um romance ainda não publicado que anda a causar polémica por todo o mundo. Trata-se de The Jewel of Medina da norte-americana Sherry Jones, que relata a vida de Aisha, a mulher de Maomé, até à sua morte. Depois da editora norte-americana Random House se ter recusado a publicá-lo, depois de ter pago dois adiantamentos à autora, foi agora a vez da portugesa Dom Quixote. Se pelo lado americano foram invocadas razões de segurança, já Manuel Alberto Valente defende que esta foi uma «decisão de particular relevância, pois tínhamos possibilidade de lançar um livro com um enorme potencial comercial. Acabou por pesar o critério fundamental, o da qualidade literária». A verdade é que resta agora saber quais os países que terão coragem de publicar um livro que já foi publicamente condenado por diversas associações islâmicas eque já promete causar mais polémica do que Os Versículos Satânicos de Salman Rushdie.

Novidades Livros

Imagem
NICHOLLS, Sally O menino que sonhava chegar à lua 82 LE-3 NCH


BEJA, Filomena Marona A cova do lagarto 82 LP-3 BJA

COSSERY, Albert Uma ambição no deserto 82 LE-3 CSS

COSSERY, Albert Os homens esquecidos de Deus 82 LE-3 CSS

DE LUCA, Erri Três cavalos 82 LE-3 LCA

ARDALAN, Haydé Eu, Milton 82 LE-34 RDL (Inf)

MARTINS, Isabel Minhós Quando eu nasci 82 LP-34 MRT (Inf)

MARTINS, Isabel minhós Coração de mãe 82 LP-34 MRT (Inf)

MARTINS, Isabel Minhós O meu vizinho é um cão 82 LP-34 MRT (Inf)
CABANAS, Antonio O ladrão de túmulos 82 LE-3 CBN

CONTUMELIAS, Mário A verdadeira história de... : o Areias 82 LP-34 CNT (Inf.)

CHAVIANO, Daína A ilha dos amores infinitos 82 LE-3 CHV
ACKERMAN, Diane O jardim da esperança 82 LE-3 CKR

GUIMARAES, Teresa A floresta perlimpimpim 82 LP-34 GMR (Inf.)

PESSOA, Fernando Poesia de Fernando Pessoa para todos 82 LP-1 PSS (Inf.)

EUGENIDES, Jeffrey Middlesex 82 LE-3 GND

EUGENIDES, Jeffrey As virgens suicidas 82 LE-3 GND

KAFKA, Franz Carta ao pai 82 LE-3 KFK

Bom fim de semana

Imagem
Marcel Duchamp


Bom Fim-de-Semana a todos os utilizadores da Biblioteca Municipal de Grândola

Poema da Semana

Se pudesses, O'Neill, ver hoje o teu país,
(ou tu, Assis Pacheco, filho pródigo
destes quintais floridos)
velho de oito séculos e pouco mais velho
desde que o deixaste,
país que secretamente não vota
para não se maçar
enquanto furta com arte as gaiolas vizinhas
a cantar nas paredes caiadas,
país com mais que fazer
(futebol para ver
e mato para queimar);

se pudesses vê-lo agora
não levarias a peito,
mas confirmarias, estou certo,
que tem defeito de nascença
ou de fabrico,
mais valendo, por isso,
como em vida tua valeu,
deitar por terra a lança do ódio,
fechar a navalha do tédio,
sacudir o ombro amigo da solidão
e rir sonoramente de tudo,
talvez não tanto à porta da pastelaria
como, hoje em dia, à porta dos chineses,

mas rir sonoramente de tudo, dizia,
- de ti mesmo,
sobretudo.

Rui Lage

Livro da Semana

Imagem
Frequentemente apontada como sendo o seu alter-ego, Coetzee criou em 2003 Elizabeth Costello, uma escritora australiana com particular não apetência para conferências. Com uma estrutura narrativa inovadora, vamos sendo apresentados a esta escritora que não olha a palavras para defender as suas causas. Embora sejamos sempre apresentados à sua falta de apetência para falar em público, continua a aceitar convites para falar em público. Estes acabam por agravar a sua desilusão em relação ao mundo, remetendo-a para um mundo interior cada vez mais profundo e intenso. O peso deste sentimento é sempre contrabalançado com pequenas notas humorísticas às quais somos incapazes de ficar indiferentes. Disponível na sua biblioteca em 82 LE-3 CTZ

Lobo Antunes vence Prémio Internacional

Imagem
António Lobo Antunes, venceu ontem, o Prémio de Literatura da Feira Internacional de Guadalajara no México, face a um júri constituído por elementos de Inglaterra, Espanha, Perú, França, Estados Unidos e México.
O primeiro português a vencê-lo ironizou ainda, dizendo que só lhe faltava ganhar o "el gordo", numa referência ao Nobel.
Notícia completa no El País

Novidades Livros

Imagem
PESSOA, Fernando Quaresma, decifrador 82 LP-3 PSS

CALMAN, Stephanie Confissões de uma mãe desnaturada 82 LE-3 CLM

STILWELL, Isabel Filipa de Lencastre : A Rainha que mudou Portugal 82 LP-3 STL

O'NEILL, Alexandre Já cá não está quem falou 82 LP-3 NLL

GORKI, Máximo Três contos 82 LE-3 GRK

VOLTAIRE O ingénuo 82 LE-3 VLT

HARDY, Thomas O pregador atormentado 82 LE-3 HRD

LOVECRAFT, H. P Herbert West : Reanimador 82 LE-312.4 LVC

ALDRICH, Thomas Bailey A história de um rapaz mau 82 LE-311.3 LDR (Juv)

MARTINS, Isabel Um livro para todos os dias 82 LP-34 MRT (Inf)

ARDALAN, Haydé Mas onde se meteu o Milton ? 82 LE-34 RDL (Inf)

Bom fim de semana

Imagem
Van Gogh

Bom Fim-de-Semana a todos os utilizadores da Biblioteca Municipal de Grândola

Poema da Semana

As árvores como os livros têm folhas
e margens lisas ou recortadas,
e capas (isto é copas) e capítulos
de flores e letras de oiro nas lombadas.

E são histórias de reis, histórias de fadas,
as mais fantásticas aventuras,
que se podem ler nas suas páginas,
no pecíolo, no limbo, nas nervuras.

As florestas são imensas bibliotecas,
e até há florestas especializadas,
com faias, bétulas e um letreiro
a dizer: «Floresta das zonas temperadas».

É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras.

Jorge Sousa Braga

Livro da Semana

Imagem
Embora tenha sido escrito há três anos , só este ano é que O Homem Lento conheceu edição portuguesa, através da Dom Quixote.
No seguimento do êxito de Elizabeth Costello, em O Homem Lento Coetzee volta a invocar essa personagem, embora desta feita ela assuma um papel secundário na narrativa, não deixando, contudo, de a transformar.
E é essa transformação que não nos consegue deixar de surpreender ao vermos a narrativa mudar de forma quase radical por volta da página 100, remodelando por completo a noção de mundo que nos é, até então, apresentada.
Este género de realismo mágico confere uma dimensão enorme ao seu romance ao mesmo tempo que demonstra a mestria do Nobel da Literatura de 2003.
A não perder, disponível na sua biblioteca em 82 LE-3 CTZ

Ilustre Desconhecido: Teolinda Gersão

Imagem
Teolinda Gersão nasceu em Coimbra em 1940, tendo estudado Germanística e Anglística na Universidade de Coimbra, tendo-se seguido as Universidades de Tuebingen e de Berlim, onde acabaria por se tornar leitora de Português.

Regresada a Portugal, deu aulas na Faculdade de Letras de Lisboa, acabando por se tornar Profesora Catedrática já na Universidade Nova de Lisboa.

Tendo publicado o seu primeiro livro (O Silêncio) em 1981, a sua obra debruça-se sobretudo sobre a forma como o ser humano se relaciona com o meio urbano. Desde 1995 que resolveu abandonar o ensino, dedicando-se por exclusivo à escrita, tendo ganho já o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores e Prémios de Ficção do Pen Clube pelos livros O Silêncio (1981) e O Cavalo de Sol (1989).






Livros de Teolinda Gersão disponíveis na sua biblioteca:

Os Guarda Chuvas Cintilantes
Paisagem com mulher e mar ao fundo
O Silêncio
História do Homem na Gaiola e do Pássaro Encarnado
A Árvore das Palavras
Histórias de Ver …

O maior filme de sempre

A obra maestra do francês Marcel Proust Em Busca do Tempo Perdido irá agora dar lugar ao maior filme de sempre, que terá um total de 170 horas, envolvendo cerca de 3000 actores.
A ideia é da realizadora francesa Verónique Aubouy está assente num conceito verdadeiramente inovador, onde todos nós poderemos participar via internet.
Para mais informações leia aqui

Tolerância de Ponto

Informam-se todos os utilizadores que hoje, dia 1 de Setembro, a Biblioteca se encontra encerrada ao público devido à tolerância de ponto concedida aos funcionários da autarquia.